PALAVRA DO PRESIDENTE

Você está aqui:
Waldemar Araújo - Presidente da Fetram

Waldemar Araújo

Presidente da FETRAM, presidente do Conselho Regional MG do SEST SENAT

Prezados associados,

O setor de transporte de passageiros é vital para a economia do País e mobilidade das pessoas.

Trabalhar pelo fortalecimento do setor, como representante de entidade de classe, é algo que me move há mais de 50 anos, quando, ainda garoto, já atuava no transporte de passageiros. Um ideal de vida que amplio à frente da FETRAM.

Após tantas décadas, novos desafios continuam a nos motivar a dar continuidade ao trabalho pela maior valorização do segmento e de seus trabalhadores, considerando o atual cenário econômico e social do Brasil. É constante a busca, de todas as entidades que congregam empresas e entidades do segmento pela melhor forma de ofertar um transporte de qualidade, com uma tarifa adequada e compatível com o poder aquisitivo da população usuária. Tarefa difícil.

Importante que os contratos assegurem o equilíbrio econômico-financeiro da concessão, que a remuneração das empresas seja compatível com os custos necessários para manter a prestação dos serviços em patamar elevado, e que ambas as partes, tenham a devida segurança jurídica para investir no sistema. Uma luta constante, e que vem de longa data.

Importante e necessário que a tarifa cobrada esteja desvinculada da cobertura dos custos, encontrar meios alternativos é o atual desafio de todos os que estudam e estão envolvidos em dar ao transporte de passageiros o lugar de destaque que merece ter no cenário nacional.

Encontrar o caminho passa, também, em mais investimentos em infraestrutura, a priorização do transporte coletivo sobre o individual, melhoria da velocidade média dos veículos, construção de corredores exclusivos, dentre outras que minimizem o impacto do necessário valor a ser cobrado dos usuários e o efetivamente cobrado.

A solução é de responsabilidade de todos os envolvidos na cadeia produtiva, considerando que a melhoria do setor interfere na vida de todos. Quanto maior o número de pessoas utilizando os serviços púbicos de transporte, menor será o tempo de deslocamento de todos, inclusive dos que fazem uso do transporte individual.

Muito obrigado.